O que é ikigai

O que é ikigai? Como melhorar o seu propósito aplicando a mandala ikigai

Aprender o que é ikigai é fundamental, porque auxilia a desenvolver o bem mais precioso que você tem: o autoconhecimento. Afinal, dá para ter uma noção exata sobre você e os pontos a serem melhorados, concorda comigo!?

Um sábio chinês, chamado Confúcio, tem uma frase que resume esse pensamento de conhecer a si mesmo de uma forma muito didática. A expressão é a seguinte: “Se queres prever o futuro, estuda o passado”.

O ikigai é um grande aliado e a proposta do texto é mostrar o que é, o significado, a mandala e quais são as leis presentes. Em seguida, coloque em prática e prove os benefícios que esse tipo de visão tem para a sua vida.

O que é ikigai? 

O ikigai pode ser resumido como a motivação para levantar da cama e conquistar os seus objetivos. Sendo assim, esse tipo de visão é muito comum no Japão e as pessoas têm isso como uma espécie de filosofia de vida.

Muitos autores e especialistas acreditam que tendo um propósito de vida, a pessoa tende a viver mais. Muitos japoneses acreditam que esse é o segredo para ter uma vida mais longa e ativa, mantendo a lucidez na fase idosa.

O processo de realização pessoal e profissional pode ter diferentes dimensões, porque possui mais de um ikigai. Enquanto na empresa você pensa em crescer, na sua vida pessoal talvez o objetivo seja de conservar.

Ainda tem aquelas que preferem viver para a caridade e podem reservar um tempo dar aulas a uma comunidade carente, sendo esse o ikigai alto. Por outro lado, decide ler à noite e consegue um ikigai menor, por exemplo.

Ikigai: Significado  

O ikigai nada mais é do que um termo japonês que cresce a razão para que uma pessoa decida levantar da cama. Nesse cenário, pode ser entendida como uma motivação para continuar, como citado acima.

No Japão essa palavra é amplamente conhecida e tem um significado que muda de acordo com o tempo. Seja para conquistar algo pessoal ou mesmo coletivo, a realidade é que o ikigai é uma ferramenta muito útil.

Mandala ikigai

O ikigai possui uma figura e tem uma intersecção principal e ao centro dá para ver um ponto em comum. Trata-se de possibilitar a visão de entre a correlação entre os vários aspectos e pode, inclusive, humanizar os processos.

Mandala Ikigai
Mandala Ikigai

A mandala faz a pessoa entender do que as pessoas são definidas pelos trabalhos, fugindo daquela visão de ser uma obrigação pessoal. Então, fica mais fácil de refletir sobre o campo profissional, não é mesmo!?

Ah! Ainda se destaca outra questão: os valores e oportunidades de trabalho são enxergados de outra forma. Ao mesmo tempo, a motivação supera a visão de ser uma obrigação, confira a divisão do mandala ikigai  

I: O que amo fazer

Em primeiro lugar, aqui está a motivação mais profunda da pessoa e o ideal é se questionar sobre qual é a paixão. Pense naquilo que ama e imagine o que você faria se o dinheiro não existisse no mundo, você consegue?

II: O que posso fazer bem

A ideia é se aproximar da sua verdadeira vocação e a pergunta a ser feita é esta: no que você se destaca?
Logo após, pergunta mais duas coisas:
1) Quais seus pontos fortes?
O que os outros falam de você? Pergunte a todos!

III: O que posso ser pago para fazer

Um pouco de realismo é essencial para o processo e por isso que a ideia é que você pergunte onde poderia trabalhar e a profissão que se encaixa nas reflexões que você fez acima, mas procure ter muita atenção no processo.

IV: O que o mundo precisa

A fim de finalizar a mandala ikigai, é chegada a hora de falar sobre a parte mais abstrata: a sua missão na terra? Pense quais conquistas, que você terá, possuem potencial para mudar a vida das pessoas.

Quais são as leis do ikigai?

Por fim, o texto chega nas três leis do ikigai e é a parte mais densa do conteúdo, porque envolve questões pessoais e profissionais. Isso, contudo, é explicado por meio de atitudes primordiais, são as seguintes:

Você já descobriu seu Ikigai?

Encontre sua paixão

Os sonhos devem ser perseguidos, porque uma pessoa sem sonhos é alguém que não transcende o hoje. Sem pensar no “amanhã”, o futuro é igual a música do Zeca Pagodinho: “deixa a vida me levar, vida leva eu”.

O mais importante é que você pense no propósito que tem e lembre-se que não dá para abandoná-lo no meio do caminho. Em outras palavras, o que seria da aviação se Santos Dumont tivesse desistido de criar o 14 bis?

Por mais que seja complicado de encontrar uma motivação, não deixe de perseguir e não se esqueça do compromisso que fez. Há muitas pressões para que te fazer abandonar os sonhos realistas, mas não desista.

O caminho a ser perseguido é o que você já conhece: definir um planejamento, se esforçar para conseguir e dar tudo de si para manter. 

Porém, o que pode acontecer se as pessoas não quiserem te acompanhar?

Certamente é uma opção e você não pode querer que os demais façam o mesmo, aliás nem pense muito nisso. Evite se tornar um inconformado e a tendência natural é que você viva com mais felicidade, concorda comigo!?

Mantenha-se ativo a nível físico e mental

Imagine que você acabou o seu dia, que foi cheio de trabalho e muito estudo, mas o que você faz ao chegar em casa? Provavelmente se joga no sofá, assiste a sua série favorita e fica navegando na internet por muitas horas.

O que essas atitudes trazem de benefícios para a sua vida, seja no âmbito pessoal e profissional? Definitivamente nada, é por isso que essa lei de ikigai prega que você mantenha-se conectado com o seu propósito.

Mantenha-se ativo e procure ler um livro, fazer alguma caridade e criar hábitos saudáveis para a sua vida. Ou seja, faça ioga ou um esporte e evite ficar horas fazendo coisas que não te conectam com o seu propósito.

Conecte-se com outras pessoas

Uma das principais regras do ikigai é que você compartilhe a sua vida com os outros, pois é complicado de encontrar o sentido da nossa vida na solidão. Por conta disso, alie o bem-estar dos demais dentro do seu propósito de vida.

Ikigai: Ideal para ultrapassar essa visão materialista da sociedade do século XXI

A globalização colocou na mente das pessoas uma visão de precisar “ter algo” para “ser feliz”. O consumismo tomou conta e as pessoas passaram a comprar por comprar, se desconectando do seu eu interior.

Quando as pessoas não conseguem consumir, isso gera uma sensação de impotência e daí para a depressão é um pulo. Por outro lado, conectar-se com si mesmo é o segredo para transcender essa visão materialista.

O ikigai é um aliado, porque conecta você com um propósito de vida e ajuda a manter-se em frente. Para usá-lo, o ideal é repetir o mantra todo dia e anotar no papel os objetivos, cobrando a conquista de cada um deles.

Evite apenas se pressionar demais e vá aos poucos, entendendo que você é uma construção de anos. Enfim, o ikigai é o segredo para acordar motivado e repetir em voz alta: “hoje nada e nem ninguém vai tirar a minha paz.

Por: Nuno Cruz

Quer Agendar uma Sessão de Coaching? Está pronto para essa transformação?

Agende sua sessão de Coach! Preencha o formulário de contato, ou se preferir, envie uma mensagem via WhatsApp para +351 911 752 631.

Recomendo que também leia:

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contacto conosco.

Mandala Ikigai

Comentários

  1. Pingback: Frases de aceitação: Começe a autoaceitação a partir de agora!

Adicione um comentário